TRE-PE abre as portas para a Inteligência Artificial

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco começa a discutir a implementação de ações de IA para facilitar a vida do eleitor

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco começa a discutir a implementação de ações de IA para ...

Na última terça-feira (30), o presidente Agenor Ferreira Filho se reuniu com a Dígitro, empresa estratégica de segurança nacional, comunicação e inteligência cibernética com o objetivo de encontrar soluções inovadoras para automatizar os serviços prestados pela Justiça Eleitoral.

No encontro, foi discutida a possibilidade de realização de convênio de cooperação a ser firmado no início de maio, envolvendo a implementação de novas tecnologias, baseadas em Inteligência Artificial (IA) e robôs. O objetivo é dar maior agilidade e eficiência à Justiça Eleitoral e, principalmente, facilitar a vida do eleitor. 

Entre os pontos discutidos, o segmento que recebeu destaque foi a possibilidade de uso da IA para auxiliar o julgamento de processos eleitorais, já como preparativo para as Eleições Municipais de 2020 e a atualização da unidade de atendimento automatizado ao eleitor, que terá sua capacidade aperfeiçoada com utilização de robôs e chatbots em redes sociais, além do atendimento por voz utilizando IA para facilitar a interação com os usuários dos serviços eleitorais.

No quesito segurança institucional, em virtude da expansão de ameaças digitais, como o sequestro de dados e a clonagem de telefones, organizações públicas e privadas se preocupam com uma maior segurança na comunicação feita com usuários internos e externos. Para mitigar risco similar neste Regional, serão disponibilizadas aos desembargadores membro do Pleno, juízes eleitorais e gestores que tratam informações sensíveis e estratégicas, 50 (cinquenta) licenças do UNA, aplicativo para comunicação unificada e segura que reúne várias formas de comunicação — chat, voz e e-mails — em um só lugar. As informações ficarão armazenadas em servidor próprio do Tribunal, para garantir maior controle e acesso dos dados.
A reunião foi conduzida pelo presidente do TRE-PE, desembargador Agenor Ferreira Filho, e pelo secretário de TIC, George Maciel. Participaram das discussões o desembargador eleitoral Gabriel Cavalcanti Filho, membro da Corte, bem como o juiz e professor Alexandre Pimentel, ex-corregedor do TRE-PE. 

Ainda do Tribunal, estiveram presentes a diretora-geral, Isabela Landim; o secretário Controle Interno, Ruy Rattacaso, além da assessora-chefe da Assessoria Jurídica da Diretoria Geral (ASSDG), Atiane Monteiro. 

Representando a Dígitro, estavam presentes o superintendente Dennis Bentes, o assessor da presidência Adriano Júnior Dias e Carlam Doya Salles.

Finalizando o encontro, o presidente Agenor Ferreira de Lima Filho declarou o seu “interesse em implementar as medidas até o final da sua gestão, tornando o TRE-PE um verdadeiro laboratório para inovações”.

Últimas notícias postadas

Recentes