Produtividade do TRE-PE se destaca no período da pandemia

Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vem monitorando semanalmente o desempenho dos tribunais brasileiros desde 16 de março

Produtividade pandemia

Em meio à pandemia da covid-19, a produtividade do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) é a maior entre os 11 TREs de médio porte, critério usado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para estratificar os tribunais de acordo com o eleitorado de cada Estado.

Pernambuco lidera no seu grupo de avaliação em todos os quesitos: total de sentenças e acórdãos, total de decisões e total de despachos.

O CNJ vem monitorando semanalmente a produtividade do Poder Judiciário desde 16 de março, quando os tribunais, por causa do novo coronavírus, entraram em regime de teletrabalho. O TRE-PE se destaca no período acumulado de 16 de março a 17 de maio.

Dentro deste período, os números do TRE-PE são os seguintes: 653 sentenças e acórdãos, 882 decisões (movimentação de processos, por exemplo, mas sem caráter terminativo) e 1.537 despachos.

"Sabemos bem que os números  são atualizados sistematicamente, mas a posição do TRE de Pernambuco, sempre entre os primeiros, demonstra claramente que, mesmo em tempos de pandemia, estamos cumprindo a nossa missão de bem servir, com celeridade e competência", diz o presidente do TRE-PE, desembargador Frederico Neves.

Últimas notícias postadas

Recentes

Saúde no trabalho e COVID-19

O avanço da pandemia em Pernambuco tornou necessárias medidas mais rígidas de isolamento social. Os serviços do Judiciário realizados, necessariamente, de forma presencial, entretanto, foram considerados essenciais e, sendo assim, muitos colegas continuam comparecendo às unidades de trabalho.